Igreja Matriz – São Bento do Sapucaí (SP)

Construída em 1853 no estilo colonial, feita pelos escravos com paredes de taipa de pilão. É o marco do povoamento da Cidade. Abriga pintores de renome.
As origens históricas da Estância Climática de São Bento do Sapucaí remontam ao bandeirismo e a mineração. Como se sabe, a descoberta de ouro nas “Gerais” ao final do século XVII serviu como um bálsamo aos frustrantes dois séculos iniciais da colonização portuguesa no Brasil. Na corrida pelo ouro, partindo de Taubaté e São Paulo de Piratininga, abriu-se diversos caminhos transpondo a Serra da Mantiqueira por seus desfiladeiros (Buquira, Piracaia, Embahu e Piracuama) rumo à região das minas (Minas Gerais).
Acreditava-se que a região de Itagiba (atual Itajubá) escondia grandes minas de ouro. Sabendo disso, partem aventureiros de Taubaté e Pindamonhangaba rumo aos altos azuis da Mantiqueira, seguindo pelo desfiladeiro do Piracuama e alcançam o “alto da serra”, de onde vislumbram gigantescos bosques, florestas densas e escuras, lombadas côncavas e imensos declives acidentados, chegando, no início do século XVIII, ao planalto onde se encontra esculpido o Vale do Sapucaí Mirim de onde prosseguiram ao seu destino (Itagiba).


Igreja Matriz de São Bento do Sapucaí in São Bento do Sapucai

Related posts

Leave a Comment