Catedral de Santos (SP)

A Catedral de Santos, na Praça Patriarca José Bonifácio, é a sede da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário Aparecida, a mais antiga da Cidade. Em 1907, a Matriz Velha foi fechada e interditada, pois estava em ruínas, e em seu lugar surgiu a Praça da República.


Catedral de Santos, SP in Brazil

Em 24 de junho de 1909, deu-se a bênção da pedra fundamental da Matriz Nova, inaugurada em 1924, provisoriamente. Em 1925 a Matriz recebeu o título de Catedral, com a instalação da Diocese de Santos, pelo Papa Pio XI; e em 1967 a Comissão de Obras da Catedral deu por encerradas as obras do templo. Entretanto, só em 1969 foi terminada a cripta.

A Igreja é construída em estilo gótico misto, com ogivas e torreões, segundo projeto do engenheiro Marx Hell, o mesmo que idealizou a Catedral de São Paulo. Na fachada, sobre o ádrio de entrada, estão duas imagens em granito natural, representando São Pedro e

São Paulo, e mais acima, ladeando os quatro ângulos da torre, estão as figuras dos profetas Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel, tendo ao lado os quatro evangelistas.

O interior da igreja possui três naves para o povo e duas capelas laterais: a capela de Fátima, com uma imagem que veio de Portugal, e a capela do Santíssimo Sacramento, que possui três afrescos de Calixto, representando Noé, o sumo-sacerdote Melquisedec e uma cena de Cristo e os discípulos de Emaus. Completa o conjunto uma antiga lâmpada do Santíssimo, de prata lavrada.

O altar-mor é a peça mais recente, já pós-conciliar, em estilo simples. A torre (agulha gótica) abriga um carrilhão de sete sinos, e a cúpula não pertence ao estilo gótico (é renascentista). Feita em cobre, foi doada por Cândido Gaffrée, em 1917. Na sacristia estão as imagens de Cristo Ressuscitado e Nossa Senhora das Dores, que costumavam sair nas antigas procissões da madrugada.

Na cripta, encontram-se os túmulos dos bispos e sacerdotes de Santos, e o ossuário, com dois mil lóculos, onde há um altar para celebração da missa e para orações.

Fonte: http://www.catedraldesantos.com.br/igreja.shtml

Related posts

Leave a Comment